24 de set de 2009


Começo pelo pão

No mundo dos humanos, o pão é uma invenção tão antiga como os primórdios do que chamamos civilização.
Foram as mulheres que inventaram a agricultura. A elas foi dado o poder de prestar atenção no renascimento dos grãos. E delas foi herdado o pão que de primitivo monte de farelos amassados foi se transformando até assumir as formas que conhecemos hoje.
Na minha comunidade de origem fazíamos o pão de mandioca, tapioca, finíssima farinha branca,
Como pão também o beiju de farinha: água fria, farinha, açúcar que amassados, frigideira, gotas de óleo, côco ralado, café de rapadura para acompanhar num tamborete encostado no fogão à lenha, cheiro de madeira queimando, picumã no teto, longes de fumaça que aparecem nas estradas sempre terão o gosto afetivo do beiju dos tempos difíceis: vento sul só tinha beiju...
Mas tinha também tempos de cuscuz branco, abundâncias de polvilho, côco, melado...Depois leite condensado, bem depois...
Margareth - 2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário